Ir para o conteúdo principal
Montreal_Canada

Descobrir Montreal

Considerada a segunda maior cidade do Canadá, Montreal está localizada na região francês do país, enquanto Toronto e Vancouver possuem uma predominância maior do inglês.  A “Paris das Américas” só perde para a própria Paris quando o quesito é a língua francesa. Montreal é uma ilha ligada a várias outras ilhotas, tornando-se um arquipélago belíssimo.

Com uma população educada e hospitaleira, a cidade ostenta o título de maior diversidade cultural do país, já que a região possui uma grande concentração de imigrantes e estudantes. O cenário totalmente moderno faz contraste com a charmosa arquitetura histórica, formando ruas com carruagens de passeio.

Banhada pelo rio São Lourenço, a paisagem de Montreal é encantadora. Durante o verão, o roteiro são as “praias” em lagos e rios, como a de Oka Beach, com 10 quilômetros de areia branca. O inverno é rigoroso, batendo os 30º C negativos, desagradando os moradores.

A grande Montreal é uma metrópole que abriga cerca de 80 grupos étnicos diferentes, contando com quase 4 milhões de habitantes, sendo a segunda mais populosa do país, sendo uma região administrativa do Quebec. Localizada na ilha do Rio São Lourenço, Montreal é um importante centro industrial e comercial do Canadá, além de abrigar muito da história e cultura da América do Norte.

A língua oficial da cidade é o francês, mas o inglês também é cultivado. O local onde se situa a cidade era habitado por nativos algonquinos, hurões e iroqueses, antes da chegada dos europeus. Jacques Cartier foi o primeiro europeu a chegar na ilha, em 1535.

Apesar do forte inverno, as pessoas não gostam de ficar em suas casas, tornando a cidade bem festeira. A instabilidade do tempo é considerada algo comum para os moradores. Anualmente, cai em Montreal cerca de 2,4 metros de neve por ano, com chuvas abundantes o ano todo, principalmente no verão.

A culinária local é conhecida pela fartura. Mesmo possuindo uma gastronomia influenciada pela cozinha francesa, as pessoas não gostam de restaurantes chiques e formais. Os pequenos bistrôs fazem sucesso e estão espalhados por toda à cidade, oferecendo bons pratos e preços acessíveis.

Os chefs costumam preparar comidas econômicas, que servem de duas a quatro pessoas tranquilamente. Entre os quitutes típicos, é possível encontrar várias opções nos mercados abertos. Entre os pratos mais procurados estão os crepes e as sopas de cebola.

A maioria desses mercados se concentra na parte antiga da cidade. Os frios e pães são sucessos nos mercadinhos, já que o costume é fazer lanchinhos na hora do almoço. O hábito é inverter as refeições, deixando a fartura para o jantar. Por ser uma cidade cosmopolita, é possível encontrar todo tipo de culinária em Montreal, sem dificuldades, principalmente os famosos fast food.

Fazer uma caminhada pelas ruas de Montreal é uma boa pedida, principalmente na região de downtown (centro). Ali estão as casas de estilo vitoriano, diversas livrarias, cafés e galerias de arte, além das principais universidades e alguns bairros como o Chinatown e a Little Italy, formados por imigrantes.

Um pouco mais afastado do centro de Montreal, também é possível encontrar outras construções históricas, como a Catedral de Notre Dame, por exemplo. Datada em 1642, a réplica é tão bela quanto a original, situada em Paris. Uma tour pelo Parque Olímpico, sede das Olimpíadas de 1976, incluem o estádio “porco-espinho” e a torre inclinada.

O luxuoso Cassino Montreal, próximo ao Porto Velho, é diversão garantida em qualquer horário do dia, oferecendo bons restaurantes, shows e muitos jogos. Aos amantes da natureza, nada melhor do que o gigantesco Jardim Botânico ou o parque local Parc dês Iles, na ilha de Sainte Helene.