Ir para o conteúdo principal
mendoza (2)

Descobrir Mendoza

Mendoza é uma cidade Argentina que fica encravada a cerca de 710 quilômetros a noroeste da capital Buenos Aires, na região do Cuyo, quase na fronteira com o Chile. É possível, inclusive utilizar um túnel para atravessar de um país para o outro.

A cidade fica aos pés da Cordilheira dos Andes e é um dos mais belos destinos a visitar durante o inverno, quando a região se veste com o branco da neve, e as estações de esqui e as baixas temperaturas dão outro tom à viagem. A paisagem paralisa o visitante que se sente pequeno diante daquelas imensas formações rochosas.

Mas durante os meses mais quentes, em que os termômetros batem os 40°, a beleza da cidade se dá com suas cores secas que predominam nas montanhas andinas, misturando os amarelados dos álamos com o cinza da beira das estradas.

A cidade de Mendonza é a capital, e a maior cidade, da província com o mesmo nome, localizada ao noroeste da Argentina, a cerca de 12 horas de carro da capital, Buenos Aires.

A cidade é um importante pólo de produção de vinho e azeite, além de ser um dos mais famosos e importantes pontos turísticos da Argentina.

Com uma população um pouco maior que 114 mil habitantes, a cidade vem sofrendo uma queda no número de moradores, que nos anos 90 eram quase 10 mil vezes a mais do que o número atual. O motivo para esta queda está na impossibilidade de crescimento da cidade.

A Grande Mendoza, por sua vez, possui aproximadamente 900 mil habitantes e apresenta um crescimento populacional de 10%. A cidade de Mendoza é a quarta maior cidade da Argentina.

Apesar de Mendonza ser procurada no inverno por causa da beleza de suas paisagens, são suas vinícolas que atraem o maior número de turistas. Graças a combinação de clima e excelente qualidade do solo, as castas de uvas como Malbec, Cabernet Sauvignon, Tempranillo e Chardonnay tornaram os produtos locais tão apreciados em todo o mundo e tornou a cidade em uma das principais produtoras de vinhos da América do Sul.

Mendoza não é tão tradicional na gastronomia quanto é por seus vinhos, mas é muito recomentado que os turistas experimentem um bom lombo com vinho tinto mendocino ou uma truta com um vinho branco. E a salada, seja ela qual for, também deve ser temperada com o azeite local.

Os melhores restaurantes locais são o 1884, o El Palenque, o Anna Bistro e o Mercado Central, que possui diversos pequenos restaurantes que servem lanches e pratos a bons preços.

Há muito o que se fazer na cidade de Mendonza. Museus, almoços ao ar livre, visitas com guias para conhecer as etapas de produção e até butiques para as compras de vinho, são apenas algumas das opções de lazer oferecidas.

Os destinos naturais também devem ser visitados pelos turistas. O Cerro Aconcágua, é a maior montanha do planeta que não está localizada na Ásia, e vale a visita somente por este fato.

O Parque Provincial Aconchaga oferece a vista perfeita da montanha gigante.

As Praças de Mendoza também são famosas por terem servido como refúgio para a população em caso de terremotos na região. Elas são um símbolo da cidade e agradáveis áreas de lazer. A principal é a Plaza Independência, cujas atrações incluem um museu de arte moderna, um teatro e bancos para descanso.